Ao lado de representações de feirantes da Marechal e Bernardino Bahia sob ameaça de remoção, Jhonatas Monteiro se reúne com o Secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico

O vereador Jhonatas Monteiro e integrantes do seu mandato estiveram hoje (26) em reunião com representantes das trabalhadoras e trabalhadores da rua Marechal Deodoro e da praça Bernardino Bahia e com a Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (SETTDEC). O objetivo foi discutir as ameaças de expulsão que feirantes desses locais vêm sofrendo de diversos órgãos ligados à prefeitura em função das obras do “Projeto Novo Centro”, e apresentar alternativas técnicas para a sua permanência.

Feirantes do centro relatavam dificuldades para estabelecer diálogo com a prefeitura, e souberam das propostas do poder público municipal de locais para a sua relocação apenas através da mídia. Os locais até então sugeridos não atendem às necessidades das trabalhadoras e trabalhadores, por serem muito distantes de áreas movimentadas e de onde já possuem freguesia. As feiras dos bairros, para onde também chegou-se a sugerir o seu deslocamento, em sua maioria não funcionam todos os dias da semana, o que dificultaria a manutenção de uma rotina diária de trabalho, afetando consequentemente a sua renda.

O PSOL tem acompanhado ao longo dos últimos anos as mobilizações e a organização das trabalhadoras e trabalhadores do comércio de rua de Feira de Santana, e através do Núcleo de Direito à Cidade articulou a elaboração de uma proposta para construção de uma área destinada à comercialização de alimentos no centro da cidade, com o cadastramento das feirantes e garantia da infraestrutura adequada. A partir da discussão de hoje, o Secretário Joedilson Machado de Freitas se comprometeu a marcar uma reunião com o prefeito para discutir as readequações propostas. Além disso, debateu-se também a violência praticada pelo chamado “rapa”, à qual as trabalhadoras e trabalhadores encontram-se submetidos, e que o poder público municipal não deveria adotar como método.

O mandato de Jhonatas já havia apresentado requerimento sobre a situação do comércio popular de rua de Feira de Santana na semana passada, e segundo o vereador, vai seguir pautando a questão e propondo alternativas para a solução desse impasse e para a garantia do direito ao trabalho e renda para as trabalhadoras e trabalhadores do centro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *