Em apoio às trabalhadoras e aos trabalhadores de call center

O PSOL de Feira de Santana vem a público prestar solidariedade às trabalhadoras e trabalhadores do seguimento Call Center, que em tempos de pandemia da Covid-19 encontram-se vulneráveis ao contágio e a se tornarem vetores de transmissão.
A empresa Tel Telemática, situada nos bairros Villa Olímpia e Marajó aqui na cidade de Feira, não foge às regras do ramo, que são as de oferecer condições de trabalho precárias e insalubres, com salários baixos que não se encontram nem ao menos ajustados ao mínimo nacional.

Como se não bastasse, devido à redução da frota de ônibus, muitos que lá trabalham se veem obrigados a pegar ônibus e vans lotadas, sendo que muitas vezes precisam pagar por Uber ou moto táxi, pois muitos bairros ficam sem linhas à noite. Num caso ou no outro, o perigo de contaminação é sempre ampliado e a empresa não assume qualquer responsabilidade.

Além de estudos acadêmicos, intervenções judiciais como a feita recentemente pelo TRT em Goiânia, apontam para o alto risco de contaminação e ameaça à saúde pública representado pela manutenção dos serviços de Call Center sem ao menos a redução do contingente pela metade e a garantia de condições de higiene e distância mínima de 1,5m entre os funcionários.


A já insuficiente medida de redução de 30% do número de pessoas trabalhando foi respeitada apenas nos primeiros dias a fim de ludibriar a fiscalização, sendo que na mesma semana as pessoas relataram serem assediadas a retomar as atividades, mesmo aquelas que se encontram nos grupos de risco.

Contra a ganância daqueles que prezam mais pelo lucro do que pela vida, nós do PSOL nos colocamos ao lado das trabalhadoras e trabalhadores da empresta Tel Telemática e da preservação da saúde pública. Portanto exigimos que os órgãos competentes do poder municipal sejam rigorosos na fiscalização, além de determinarem que a empresa tome medidas sérias para redução do contingente de pessoas trabalhando e garantia de condições de higiene e transporte dignas.

PSOL Feira de Santana
01 de abril de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *