Em reunião com Jhonatas, secretário de planejamento se compromete a avaliar proposta de manutenção da feira da rua Marechal Deodoro

ASCOM Jhonatas Monteiro

Em reunião com a Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan), ocorrida na última quinta-feira (26), nosso mandato tratou, dentre outros temas, sobre a situação da feira livre da rua Marechal Deodoro, ameaçada de expulsão em função das obras do Projeto Novo Centro. Buscamos saber qual a postura da Prefeitura sobre a indicação apresentada pelo mandato e construída a partir das demandas das trabalhadoras e trabalhadores do local, de manutenção da feira livre mediante a garantia da infraestrutura adequada e organização do espaço. 

Segundo o secretário, há disposição por parte do poder público para acolher proposições sobre a forma de ocupação da rua Marechal Deodoro após a conclusão das obras. Diante disso, nosso mandato reapresentará a proposição diretamente à Secretaria, para que esta a avalie. Considerando as recentes situações de repressão cometidas pelo “rapa” contra feirantes, aproveitamos o momento da reunião para reafirmar que tentativas de resolução do conflito com base na violência não serão toleradas, bem como nossa disposição de resistência em defesa do comércio popular de rua de Feira de Santana.

Além da situação da feira da Marechal, também discutimos a demanda apresentada pelo Coletivo de Mulheres de Feira de Santana, de garantia de um novo espaço para o funcionamento da sede da entidade, uma vez que a sede antiga, cedida pela prefeitura, havia sido tomada de forma arbitrária. A Secretaria comprometeu-se com a cessão de novo espaço, bem como com a oficialização disso, para que situações de expulsão não voltem a se repetir. A Secretaria também se comprometeu com o fornecimento de informações a respeito da situação fundiária do Beco da Independência, localizado na Barroquinha, nas imediações do Centro de Abastecimento, cujas moradoras e moradores foram ameaçados de despejo durante a construção do dito Shopping “Popular” e seguem, até os dias de hoje, em situação de insegurança sobre o seu direito à moradia.

Nosso mandato segue atento fiscalizando as ações da prefeitura e atento à garantia de direitos da nossa população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *