Requerimento de Jhonatas sobre execução de obras de saneamento em áreas de lagoas é aprovado na Câmara

Foi aprovado na sessão desta quinta-feira (22) da Câmara Municipal o requerimento de do nosso mandato, que pede esclarecimentos à Agência de Regulação de Serviços Públicos de Feira de Santana (ARFES) sobre a execução de investimentos em saneamento em áreas de lagoas do município e também a disponibilização do Plano Quadrienal da Embasa (PQMI), que é o documento de detalha tais investimentos.

O requerimento considera a gravidade da falta de saneamento básico sobretudo em áreas do entorno de lagoas, assim como as consequências dessa situação do ponto de vista ambiental e para as populações residentes dessas áreas. Com base nisso, questiona o real cumprimento das obras de esgotamento indicadas no Plano Municipal de Saneamento Básico de Feira de Santana (PMSB), aprovado em 2018. É questionada de maneira mais específica a situação do entorno da lagoa do Prato Raso, na Queimadinha, e do Chico Maia, na Mangabeira. 

Falando na tribuna em defesa do requerimento, Jhonatas destacou que “a Embasa é uma empresa concessionária de um serviço público no Município, e cabe ao Poder Público Municipal zelar pelo cumprimento daquilo que é contratado, especialmente os investimentos”. Jhonatas também destacou a importância das informações solicitadas para a resolução de problemas de infraestrutura do município, como os alagamentos nos últimos dias em função das chuvas: “isso não tem desconexão com o problema do saneamento, em especial nas áreas do entorno das lagoas de Feira de Santana, que são áreas impactadas fortemente pela expansão urbana”, disse o Vereador.

Leia aqui o requerimento na íntegra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *