Requerimentos de Jhonatas questionando saneamento em áreas de lagoas são aprovados na Câmara

ASCOM Jhonatas Monteiro

Problemas ligados ao saneamento básico em Feira de Santana, sobretudo em áreas do entorno de lagoas, foram tema de novas iniciativas legislativas defendidas pelo nosso mandato na sessão desta segunda-feira (22) na Câmara Municipal.

Jhonatas apresentou três requerimentos, destinados à Embasa; à Agência Reguladora de Feira de Santana (ARFES); e às Secretarias Municipais de Planejamento, Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, solicitando esclarecimentos, respectivamente, sobre: a situação do saneamento básico nas áreas das lagoas do Prato Raso, Chico Maia e Lagoa Grande; dados sobre execução orçamentária para investimentos nessas áreas; e perspectivas de realização de intervenções urbanísticas no entorno das lagoas do Prato Raso e Chico Maia, especificamente. Os dois primeiros requerimentos foram aprovados por unanimidade. O último, em função do debate em plenário, será reapresentado nas próximas sessões.

Os problemas causados pela falta de saneamento e planejamento urbano em Feira de Santana sempre foram alvo de preocupação do PSOL, sendo incluídos de forma destacada em nossos programas de governo. Agora, a partir da nossa atuação na Câmara, iniciativas ligadas à questão da urbanização e saneamento, sobretudo nas periferias do município, devem ser frequentemente colocadas em disputa.   

As áreas do entorno das lagoas hoje “concentram os problemas de precariedade de moradia, de falta de saneamento, e problemas diversos de infraestrutura”, afirmou o Jhonatas em sua fala de defesa dos requerimentos na tribuna. As informações obtidas a partir destas iniciativas irão subsidiar a proposição de ações futuras por parte do mandato.

Leia aqui o requerimento sobre a situação do saneamento básico nas áreas das lagoas do Prato Raso, Chico Maia e Lagoa Grande.

Leia aqui o requerimento sobre e perspectivas de realização de intervenções urbanísticas no entorno das lagoas do Prato Raso e Chico Maia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *