Comissão de Reparação e Direitos Humanos da Câmara Municipal realizou audiência pública sobre comunidades quilombolas

Dentre as reivindicações apresentadas estavam melhorias dos serviços de saúde e de infraestrutura das comunidades, revitalização das lagoas, fortalecimento de iniciativas da economia popular e solidária e criação de programas de esporte, cultura e lazer. Mas os pontos de maior gravidade apontados pelas comunidades foram sobre questões ligadas à educação pública e aos impactos de grandes empreendimentos e da expansão urbana sobre as comunidades.

Ler mais